Arquivo

Archive for the ‘INFORMÁTICA’ Category

Noções de Hardware – WorkShop Tecnológico – Parte 2

Segue a parte 2 do Workshop Noções de Informática e Tecnologia realizado por mim, nesta parte abordo o Hardware de Computadores, assistam e compartilhem, espero que gostem e caso tenham duvidas postem aqui, que irei responde-las.

[youtube:http://youtu.be/tKwBSVZ2ZuA%5D
Anúncios

A História da Computação – WorkShop Tecnológico – Parte 1

Estou dando inicio a um novo canal no YouTube que será integrado em em Blog, meu objetivo é postar os Workshops Tecnológicos realizados por mim, tutoriais e outros vídeos tecnológicos que estarei desenvolvendo a partir de agora. No primeiro deles tento resumir a história da Computação abordando os principais pontos, espero que gostem.

Por Michel Mesquita.

“A TI tradicional está morrendo”, adverte cientista-chefe da IBM

Assistam a entrevista realizada com Fábio Gandour, cientista-chefe da IBM Brasil.

Fonte: convergenciadigital.uol.com.br

Google aposta em novos formatos multimídia de imagem e vídeo (WebP e VP9)

Formato WebPOs formatos JPG, PNG e MP4 viraram padrões na web, mas a Google pretende oferecer mais alternativas para melhorar os tempos de carregamento das páginas. Segundo a informação revelada durante o Google I/O 2013, a companhia quer forçar algumas mudanças quanto a esses tipos de arquivos com a introdução do WebP e do VP9.

O WebP é um formato de imagem que promete qualidade similar a de um JPG e que consegue ter seu tamanho reduzido em até 31%. Além dessas vantagens, este tipo de arquivo conta com suporte para animações (assim como os GIFs) e ainda pode aproveitar a transparência — funcionalidade comum nos arquivos de imagem PNG.

Formato VP9

Já o VP9 é um codec que visa substituir o H.264, o qual é usado em arquivos MP4. O VP9 ainda oferece uma série de vantagens, visto que ele tem qualidade comparável aos itens codificados com o H.264 e consegue reduzir 63% do tamanho dos arquivos. Segundo o CNET, a Google deve começar a introduzir esse componente no YouTube depois do dia 17 de junho.

Fonte: Google Developers, CNET

GRC MEETING VIRTUAL 2012

Atenção Senhores(as) está acontecendo a partir de hoje 14/02 até 20/02 o GRC Meeting Virtual 2012, que estende o alcance e duração do seminário GRC Meeting 2012, neste ano inaugural o evento virtual está sendo oferecido sem custo para os participantes.
No seminário GRC Meeting 2012, especialistas nacionais e internacionais estarão apresentando As Melhores Estratégias em Segurança da Informação e Gestão de Riscos
Com a rápida evolução da tecnologia e o uso crescente de smartphones e iPads, as organizações precisam cada vez mais priorizar a gestão dos riscos e das vulnerabilidades que podem afetar seus processos de negócios.
Monitorar os riscos, a conformidade com políticas, normas e padrões e agir pró-ativamente para identificar e tratar riscos e vulnerabilidades é atualmente um dos principais desafios das organizações.
Vocês tem que participar!

O GRC Meeting Virtual vai permitir que todos tenham acesso ao evento, mesmo os que não podem viajar a São Paulo ou que tenham compromisso no dia do seminário.
O GRC Meeting Virtual é resultado de uma parceria entre a empresa Módulo Security Solutions, que promove o GRC Meeting 2012 e a empresa Grynszpan Projetos e Serviços Empresariais, que realiza eventos virtuais.

 
“ Estou assistindo ao vivo agora mesmo e muitos temas interessantes estão sendo abordados, os palestrantes possuem um alto nível de conhecimento, a segurança da informação, combate ao crime cibernético e o desenvolvimento tecnológico estão sendo o foco do evento hoje, o desenvolvimento militar no Brasil também está sendo abordado como: aeronaves não tripuladas, tecnologia nacional em parceria com a USP entre outros, oficiais da Marinha estão participando.”

Clique aqui para conferir a agenda do evento.

Clique aqui para se cadastrar e participar.

Muito atenciosamente,
Michel Mesquita.

A EVOLUÇÃO DA CAMPUS PARTY

Quando começou, em 2008, a Campus Party parecia uma farra tecnológica, cujo objetivo principal era baixar arquivos e jogar. Uma espécie de lan house gigante. Jovens querendo divulgar seus blogs e contas no Twitter, além de palestras rasas sobre o futuro da internet, ajudaram a esconder do mundo um dos principais aspectos do evento: a capacidade de criar oportunidades para grandes mentes. As áreas relacionadas ao empreendedorismo – identificado como o mote principal da edição de 2012 – sempre estiveram por lá, mas pouquíssimas pessoas souberam aproveitar totalmente o seu potencial. Felizmente, essa percepção está mudando.
A maior prova da evolução da Campus Party é a perda de interesse das pessoas que encaram o encontro como apenas uma grande festa de nerds. A frase “esse lugar não é mais tão divertido quanto antes”, por exemplo, começou a fazer parte do repertório dos campuseiros casuais, que não se adaptaram à ideia de apresentar projetos ou criar empresas durante o evento.
Apesar de ainda existirem, as gincanas para ganhar prêmios irrelevantes e a distribuição exagerada de brindes estão perdendo espaço para ideias originais de patrocinadores, como o reality show para empreendedores Like a Boss, do Sebrae, e os esforços da Telefonica para reunir jovens pensadores – que apresentaram projetos que iam desde agregadores de redes sociais até aplicativos para smartphones e tablets.
As palestras, por exemplo, ganharam tom de negócios. Além de ajudar os campuseiros a entender ambientes de desenvolvimento de programas, elas ensinaram algumas noções básicas para quem deseja entrar no mundo dos negócios. Além disso, a organização acertou ao, finalmente, resolver a questão da acústica do evento – nos anos anteriores, o som das apresentações simultâneas se misturava, causando confusão e aborrecimento entre os participantes.
Nesse ritmo, os próximos anos podem definir a Campus Party como o evento oficial para a criação e lançamento de startups de tecnologia no país e, talvez, no mundo.

COMEÇA A CAMPUS PARTY 2012

Os portões se abriram às 9h, mas as filas começaram bem antes. O Centro de Exposições do Anhembi, que até o próximo domingo (12/02) será o palco da Campus Party, começou a ver as primeiras pessoas chegarem a partir das 6h do domingo (05/02), 27 horas antes da abertura dos portões.

A Campus Party deve receber cerca de 7 mil visitantes este ano, que participarão de diversos debates, palestras e workshops sobre variados temas de tecnologia. Além de discussões, os campuseiros também poderão usar uma conexão de 20 Gbps durante os seis dias do evento.

Junior Messias, 22, de Cuiabá, foi o primeiro campuseiro a entrar. ““Não esperava ser o primeiro campuseiro. Cheguei no aeroporto de Congonhas e vim direto para cá”, disse ao blog oficial do evento.

Apesar dos portões já estarem abertos, a fila para o credenciamento dos visitantes continua grande, e o tempo de espera para entrar no Anhembi supera duas horas. Com sol forte, alguns futuros campuseiros improvisam lençóis para fazer sombra enquanto aguardam na fila.

O evento ocupará uma área de 76 mil metros quadrados do Anhembi. Sem sistema de ar condicionado, os campuseiros devem enfrentar um grande calor dentro do espaço. Bebedouros foram colocados apenas na área de acampamento – onde devem ficar cerca de 5 mil pessoas.

A Campus Party terá inicio oficial a partir das 23h30 desta segunda-feira, com uma cerimônia de abertura.